Chá de Cardamomo Como Fazer – Serve Para Quê? Saiba tudo aqui

Descubra todos os benefícios que o cardamomo oferece para sua saúde, e porque ele foi um dos escolhidos para a fórmula de Chá Eleve
cardamomo

Mais um dos principais ingredientes da fórmula única de Chá Eleve, juntamente com canela, abacaxi, erva-mate, cravo-da-Índia, entre muito outros, o Chá de Cardamomo se destaca pelo seu poder calmante e revigorante.

Mas não é só isso, nesse artigo você vai entender porque o cardamomo deveria estar mais presente em nossa alimentação, boa leitura.

Cardamomo O Que É

O cardamomo poderia estar mais presente na nossa alimentação, não apenas pelo sabor que confere a vários pratos tanto doces como salgados, mas também por ser muito rico em propriedades medicinais, tendo inclusive sido alvo de alguns estudos.

Esta não é uma especiaria muito utilizada no nosso país, sendo mais consumida em países como a Índia, Malásia e países árabes, porém o cardamomo tem um sabor muito agradável adocicado, ele pertence a família Zingiberacea, a mesma do gengibre.

Apesar de não ser muito consumido por aqui, vem ganhando espaço e aqueles que o utilizam em suas preparações culinárias já o apelidaram de o “novo gengibre” devido ao sabor parecido, porém um pouco menos picante.

E você já usou o cardamomo, já ouviu falar dele, quer conhecer seus benefícios? Gosta de chá de cardamomo? Então continue a leitura, porque neste artigo abordaremos sobre as suas propriedades, benefícios, como usá-lo, os estudos que já foram realizados e o que seus resultados revelam sobre essa especiaria.

Como é o cardamomo e de onde ele surgiu

o que é cardamomo

A origem do cardamomo (Elettaria cardamomum L) é asiática, surgiu na Índia e se espalhou, o povo egípcio já utilizava há séculos para ter um bom hálito por causa da refrescância que o cardamomo é capaz de proporcionar, mas na Índia já era usado com fins medicinais. Os árabes e indianos talvez sejam os povos que mais consomem o cardamomo em sua culinária.

Essa não é uma especiaria muito barata, tendo a fama de ser uma das que mais custam caro no mundo, talvez por isso não seja ainda muito utilizada no Brasil, apesar de ter crescido um pouco mais o seu consumo, parte deste crescimento pode ser por causa de chefs de cozinha que aparecem na mídia e em seus programas apresentam pratos com o cardamomo.

O cardamomo é uma planta que tem uma vagem e sementes pequenas de cor verde e quanto mais viva estiver a cor das sementes, maior qualidade terá a especiaria, pois quando a cor estiver mais clara, isso quer dizer que as sementes estão envelhecidas, que a colheita não foi realizada no tempo certo ou suas bagas foram secas ao sol.

Cardamomo na medicina Ayurveda

A medicina Ayurveda trata problemas de saúde de maneira integrativa que relaciona os males do corpo com a mente e o cardamomo é classificado dentro desta filosofia como uma especiaria que acalma e aquece.

Por isso, de acordo com a Ayurveda, as qualidades de aquecimento do cardamomo ajudam a desintoxicar e diminuir as substâncias tóxicas acumuladas no corpo, diminui a energia que causa congestão e muco no aparelho respiratório e traz equilíbrio, diminuindo a ansiedade.

E não é só o chá de cardamomo que ajuda, mas ele como um todo, podendo ser utilizado de diversas formas, como você verá mais adiante.

Propriedades do cardamomo

O cardamomo tem vitamina A, algumas do complexo B e vitamina C, tem também os minerais cálcio, potássio, ferro, sódio e magnésio, é rico em fibras e antioxidantes como a quercetina e o eugenol.

Devido a esta composição, essa especiaria além de saborosa, pode contribuir para que nossa saúde fique melhor porque pode evitar que alguns problemas corriqueiros nos incomodem e também pode ter ações para prevenir algumas doenças mais sérias.

Veja os benefícios do cardamomo

  • Tem ação antisséptica na boca: o eucaliptol ajuda a dar refrescância ao hálito e também combate bactérias.
  • Combate a prisão de ventre e dá sensação de saciedade: por ser rico em fibras ajuda o funcionamento do intestino e ajuda a sentir mais saciedade, portanto é um aliado para quem quer perder peso.
  • Auxilia no controle da pressão arterial: o potássio, as fibras e os antioxidantes presentes contribuem para equilibrar o colesterol e também a pressão arterial.
  • É digestivo : essa especiaria ajuda a produzir saliva durante a mastigação e isso melhora a digestão, seus óleos voláteis também ajudam a evitar que se formem gases intestinais.
  • É diurético : o seu efeito diurético é leve, mas ajuda a eliminar líquidos, evita inchaço e a formação de cálculos renais.
  • Ação expectorante : o eucaliptol ajuda a eliminar secreções e alivia a respiração nos casos de gripes e resfriados, para melhor resultado neste sentido, é interessante associar o mel.
  • Ação anti-inflamatória: os antioxidantes presentes atuam provocando reações que inibem respostas inflamatórias.
  • Evita o envelhecimento precoce: os antioxidantes inibem a ação dos radicais livres que envelhecem as células e causam também danos no D.N.A. favorecendo o aparecimento de doenças.
  • Efeito ansiolítico: a quercetina diminui a produção da corticotropina, um hormônio que ajuda na secreção do cortisol, o hormônio do estresse, essa ação ajuda a reduzir a ansiedade, melhora o humor e auxilia no relaxamento.
  • Previne a formação de tumores: os antioxidantes do cardamomo evitam danos no núcleo das células que possam causar mutações no D.N.A e provocar o câncer, outra ação importante é que também aumenta a ativação das células que provocam a apoptose que é a morte programada de células tumorais.

Como usar o cardamomo

Além de chá de cardamomo, ele também pode ser aproveitado como tempero, por isso pode ser usado em carnes, arroz, em pães, doces, bebidas como chás, sucos e até no café, pode ser encontrado em pó ou em sementes.

A especiaria pode ser também usada para aromatizar molhos para saladas feitos com frutas cítricas e harmoniza bem também com a baunilha em receitas doces

Também pode ser usado o óleo essencial que é encontrado em lojas de produtos aromáticos ou cápsulas que são vendidas em lojas de produtos naturais.

Estudos sobre o cardamomo: o que eles indicam?

Um estudo publicado no Indian Journal of Biochemistry and Biophysics, onde pacientes com hipertensão primária (sem causa específica) foram divididos em dois grupos, sendo que havia um grupo controle e um recebia cardamomo, foi observado que o grupo que recebeu o cardamomo teve redução dos níveis da pressão arterial

Na revista Biomrdicine & Pharmacotherapy foi publicada uma pesquisa realizada em ratos, que indicou que os antioxidantes presentes no cardamomo conseguiram inibir respostas inflamatórias.

Em relação a benefícios do aparelho digestivo, foi identificado em um estudo publicado na revista científica Phitoterapy Research que o cardamomo pode prevenir o estômago da Helicobacter pylori, a bactéria causadora de vários problemas como úlceras e câncer de estômago.

Foi realizado um estudo onde constatou-se que as sementes e frutos do cardamomo agem como antisséptico e anti-inflamatório contra bactérias da boca, que podem prejudicar a saúde das gengivas. Por isso, consumir em forma de chá de cardamomo é mais seguro.

Em 2012, foi publicado no Journal of Medicinal Food, um estudo que sugeriu que o limoneno, um composto ativo, presente no extrato de cardamomo exerce grande atividade antioxidante contra a formação de tumores na pele, fígado, mama e pulmão em roedores.

Todos estes estudos e mais alguns outros apontam principalmente as atividades dos antioxidantes como um fator de proteção e defesa contra inflamações e mutações genéticas.

É importante deixar claro que além do consumo do cardamomo ou de qualquer outro tipo de alimento que tenha efeito positivo sobre a saúde, isso não é o suficiente, pois este alimento precisa estar inserido em uma alimentação variada e equilibrada.

Efeitos indesejados do cardamomo

Não há muitos registros de efeitos colaterais do cardamomo, mas pessoas que tenham hipersensibilidade a seus compostos não devem consumir. Assim como grávidas e mulheres que amamentam não devem utilizar a especiaria.

Em casos de problemas estomacais como gastrite aguda ou úlceras, também não é aconselhável.

Diferentes tipos de cardamomo para uso culinário

É possível encontrar três tipos diferentes da especiaria para usar em receitas e cada um deles tem um objetivo diferente. Os três tipos são o verde, o branco e o preto. 

O de cor branca é usado para aromatizar pratos doces, o verde é bom para carnes vermelha, branca e peixes e o preto para outros tipos de prato como o arroz.

A semente inteira pode ser usada para temperar pratos salgados.

Receitas com cardamomo e com Chá de Cardamomo

chá de cardamomo

Chá de cardamomo

Ingredientes

20 gramas de cardamomo em pó 

1 xícara de água fervente

Preparo

 Leve a água para ferver, colocar o cardamomo na água e esperar levantar fervura.

Desligar o fogo, coar e beber.

Chá de cardamomo, laranja e gengibre

Ingredientes

 1 colher de chá de gengibre moído

½ colher de chá de cardamomo moído

½ colher de chá de pimenta preta

01 pau de canela

2 ½ xícaras de água

02 saquinhos de chá-preto

2 ½ xícaras de leite desnatado

02 colheres de sopa de mel

02 colheres de sopa de casca de laranja ralada

Preparo

Primeiro misture o gengibre, cardamomo, cravo e pimenta preta em um recipiente e deixe reservado.

Leve então uma panela com a água e espere ferver, adicione os sachês de chá-preto e a canela, acrescente em seguida mistura de especiarias que ficaram reservadas e deixe em fogo baixo.

Espere 5 minutos e retire os sachês de chá-preto e o pau de canela, acrescente o leite e o mel. Deixe no fogo que ferva mais uma vez e vá mexendo devagar para não formar espuma.

Desligue, coloque o chá na xícara, acrescente as cascas de laranja, espere esfriar um pouco e beba.

Café com especiarias

Ingredientes

500 ml de água

1 pedaço pequeno de gengibre

2 pedaços de canela em pau

3 cravos-da-índia

4 sementes de cardamomo esmagadas 

6 colheres de pó de café

Açúcar a gosto

Preparo

Leve a água para ferver com as especiarias, espere esfriar e coe.

Leve a água da infusão para aquecer novamente, coloque o café em um coador de papel e após a água aquecida, despeje para coar o café. Adoce a gosto e sirva.

Suco de manga com cardamomo

Ingredientes

1 manga pálmer madura

1 xícara (chá) de água

1 baga de cardamomo

Cubos de gelo a gosto 

Preparo

Descasque e corte a manga, tirando o caroço, coloque a manga no liquidificador, corte a ponta da baga do cardamomo, retire as sementes e adicione ao liquidificador, junto a água e bata até ficar uma mistura homogênea. Sirva com gelo.

Conclusão

cardamomo para que serve

O cardamomo, especiaria da família do gengibre, com sabor mais doce e aroma mais suave, é utilizado há séculos como uma alternativa da medicina natural pelos indianos, principalmente, muito utilizado como chá de cardamomo.

A medicina Ayurveda utiliza o cardamomo e dentro de sua filosofia, de equilibrar o corpo com as energias, essa especiaria traz o benefício de aquecer e acalmar, podendo ajudar a desintoxicar o organismo e também diminuir a ansiedade e o estresse.

Já a ciência realizou vários estudos e teve resultados que demonstraram que o cardamomo devido à presença de antioxidantes como a quercetina e o eugenol, tem capacidade de prevenir danos celulares que nos levam ao envelhecimento das células e o aparecimento de câncer de mama, intestino e pulmão.

Sabe-se também que o cardamomo tem um efeito sobre os estados ansiosos, pois a quercetina inibe a ação de um hormônio que ajuda na produção do cortisol, que é o responsável pela sensação de nervosismo e ansiedade. Por isso, um chá de cardamomo é indicado nesses casos.

O cardamomo é rico em compostos capazes de prevenir ou combater vários tipos de doenças ou problemas de saúde, porém ainda são necessárias mais pesquisas com humanos, pois muitos destes estudos são realizados com animais, mas seus benefícios não podem ser ignorados.

Apesar de todos os benefícios, o cardamomo não atua de maneira isolada e para ter um efeito significativo, é preciso constância no consumo, além de ser importante que esteja inserido em um contexto de uma alimentação balanceada e hábitos de vida saudáveis, como incluir mais alimentos in natura e praticar atividades físicas prazerosas que não sejam vistas como uma obrigação, mas sim como algo que proporciona prazer e vontade de continuar a praticar.

Nenhum alimento tem o poder de tratar uma doença grave, mas pode ajudar a preveni-la e a combater caso ela aconteça, mas tudo tem que ser consumido com moderação, não importa quanto bem possa nos fazer.

Bibliografia

QIBLAWI, S. et al. Chemopreventive Effects of Cardamom (Elettaria cardamomum L.) on Chemically Induced Skin Carcinogenesis in Swiss Albino Mice, J Med Food, v.15, n.6, p.576-580, 2012. 

Gail B Mahady et al. In vitro susceptibility of Helicobacter pylori to botanical extracts used traditionally for the treatment of gastrointestinal disorders.Phytother Res 2005 Nov;19(11):988-91.