Chá de Alecrim Serve pra Quê? Conheça todos os benefícios e contra indicações dessa erva

Nesse artigo você descobrirá tudo sobre o chá de alecrim. Inclusive aquilo que nem a sua avó te contou.
alecrim

Alecrim (Rosmarinus officinalis)

Já dizia o pai da medicina, o Grego Hipócrates, “faça do seu alimento o seu medicamento”. Além de se referir a uma alimentação saudável, ele também falava sobre as plantas que quando consumidas ou utilizadas de alguma forma possuem propriedades medicinais.

Seja na forma de chás ou incluídas na alimentação, inúmeras ervas são nossas aliadas no combate das mais variadas doenças. Com o avanço da medicina, muitas dessas plantas puderam ser estudadas com mais propriedade e seus benefícios para a saúde puderam ser mais bem aproveitados.

Neste artigo você vai conhecer um pouco mais sobre o alecrim, uma erva muito popular na cozinha, seus benefícios à saúde e como o chá feito de suas folhas pode auxiliar na prevenção de doenças e trazer mais qualidade de vida para quem o consome.

Veja também:
Chá de Sálvia para que serve
5 benefícios do chá de Guaraná para sua saúde

O que é o alecrim?

Conhecido botanicamente por Rosmarinus officinalis, pertencente à família Lamiaceae – a mesma de outras ervas como o manjericão, o tomilho e o orégano – o alecrim é uma das ervas aromáticas mais utilizadas na culinária do mundo todo, principalmente no tempero de legumes, carnes brancas, pães e molhos.

O alecrim é um arbusto pequeno, que pode atingir 1 metro de altura, com folhas finas e flores pequenas e brancas ou roxas, que pode ser consumido fresco, desidratado ou na forma de óleos essenciais. O alecrim é usado desde a antiguidade por usas propriedades estimulantes, antioxidantes e anti-inflamatórias.

Quais são os nutrientes encontrados no alecrim?

Além da sua utilização na gastronomia, o alecrim possui substâncias extremamente benéficas à saúde. Veja aqui algumas delas:

  • Antioxidantes: substâncias com propriedades de prevenir doenças cardiovasculares e combater o envelhecimento precoce
  • Vitamina C: importante para o fortalecimento do sistema imunológico do organismo, prevenindo gripes e resfriados
  • Óleos essenciais: o alecrim possui em suas folhas compostos bioativos na forma de óleos essenciais, que possuem ação estimulante, bactericida, anti-inflamatória, entre outras
  • Zinco: mineral importante para a saúde do sistema imune e para trazer mais foco e disposição
  • Magnésio: atua na produção de energia, contração muscular e transmissão de impulsos nervosos

Benefícios do chá de alecrim para a saúde

Os nutrientes presentes no alecrim podem ser aproveitados pelo preparo e consumo do chá de suas folhas, frescas ou desidratadas. Confira alguns desses benefícios na lista a seguir:

  • Digestivo: consumir o chá de alecrim após refeições ricas em gordura auxilia a digestão, reduz a formação de gases e previne a azia.
  • Bactericida: o alecrim é um bactericida natural, agindo principalmente contra micro-organismos como a Salmonela e algumas bactérias que causam infecção intestinal ou urinária
  • Estimulante: o chá de alecrim é um excelente estimulante, combatendo o cansaço mental, aumentando o foco e a disposição
  • Diurético: pessoas que sofrem com retenção de líquido e inchaço podem se beneficiar do consumo do chá de alecrim
  • Antioxidante: seus compostos bioativos atuam na prevenção de doenças cardíacas, diabetes, Alzheimer e até mesmo alguns tipos de câncer
  • Oxigenação do sangue: o chá de alecrim melhora a circulação do sangue, auxiliando a oxigenação dos órgãos e prevenindo a formação de coágulos
  • Expectorante: se você sofre com doenças respiratórias, o consumo do chá de alecrim auxilia a reduzir a formação de muco e facilita sua eliminação
  • Combate as cólicas: mulheres que sofrem com cólicas no período menstrual tendem a ter esse sintoma aliviado com o uso do chá de alecrim

Como preparar o chá de alecrim?

chá de alecrim

O chá de alecrim é muito simples de ser preparado e pode ser consumido quente ou frio. Para 150 ml de água quente, use uma colher de chá de folhas de alecrim.

Deixe repousar em um recipiente tampado por 5 a 10 minutos, coe e consuma em seguida. É recomendável não consumir mais que 3 ou 4 xícaras de chá por dia.

Não é recomendável consumir o chá de alecrim por mais de 3 meses seguidos sem intervalo – sempre consulte seu médico antes de iniciar o consumo.

Você sabia que o chá de alecrim auxilia na queda de cabelo?

Devido a sua propriedade de oxigenação do sangue, o chá de alecrim contribui para uma melhor circulação sanguínea no couro cabeludo, levando mais nutrientes aos fios de cabelo.

O chá também pode ser utilizado para lavar os cabelos, pois reduz a oleosidade, combate a formação de caspa e contribui para o fortalecimento e o crescimento dos fios.

Ou seja, chá de alecrim para cabelo é um santo remédio!

Existem efeitos colaterais no consumo de chá de alecrim?

Como qualquer outro chá, o consumo excessivo pode trazer efeitos colaterais em pessoas mais sensíveis aos compostos presentes no alecrim.

Quando ingerido em excesso, o chá de alecrim pode causar:

  • náusea,
  • diarreia e
  • desencadear crises convulsivas, principalmente em pessoas que sofrem com epilepsia. 

Quais as contraindicações do consumo do chá de alecrim?

O chá de alecrim não deve ser consumido por gestantes, mulheres amamentando, crianças, pessoas que apresentam epilepsia ou doenças do fígado e rins.

Se você utiliza medicamentos para pressão alta ou diuréticos recomenda-se moderação no consumo, pois as substâncias presentes no chá de alecrim podem interagir com esses medicamentos e causar queda acentuada na pressão arterial, desequilíbrio dos sais minerais e desidratação.

Sempre consulte seu médico antes de iniciar o consumo do chá – interrompa o uso e procure imediatamente assistência médica caso desenvolva algum sintoma desagradável

Curiosidades sobre o alecrim

  • Na Grécia antiga, os estudantes utilizavam um galho de alecrim atrás da orelha para melhorar o desempenho durante as provas.
  • O general francês Napoleão Bonaparte utilizava uma água de colônia feita de alecrim.
  • Acredita-se que colocar um galho de alecrim no buquê de uma noiva trará felicidade e sorte ao casamento. 
  • O famoso poeta inglês Willian Shakespeare menciona o alecrim em diversos de seus poemas.

Conclusão – Chá de Alecrim para dormir, para o coração, depressão e até cabelo!

óleo essencial de alecrim

Por ser uma erva muito aromática, o alecrim é largamente utilizado na culinária do mundo todo. Seja fresco, desidratado ou sob a forma de óleos e fragrâncias, os benefícios do alecrim à saúde humana são os mais variados.

Neste artigo você pôde descobrir que o chá de alecrim possui substâncias que auxiliam a digestão, combatem as cólicas menstruais, reduzem a retenção de líquido, melhoram a concentração, entre outros benefícios.

Falando em concentração, se você sofre de falta de foco, ou apenas precisa se concentrar para render mais no trabalho ou nos estudos, conheça nosso Chá Eleve, que é um mix de várias plantas naturais para combater ansiedade e insônia.

Recomenda-se moderação no seu consumo, especialmente se você sofre de epilepsia, hipertensão ou doenças hepáticas e renais. 

THE HERB SOCIETY OF AMERICA. Rosemary: quick facts. 2009. Disponível em: <https://www.herbsociety.org/file_download/inline/824d2982-0b7c-40d9-b3d9-9e5d823d295c>

NIETO, G. etal. Antioxidant and Antimicrobial Properties of Rosemary (Rosmarinus officinalis, L.): A Review. MDPI – Medicines. Vol.5, n.98. 2018.

RIBEIRO, D.S. et al. Avaliação do óleo essencial de alecrim (Rosmarinus ofIcinalis L.) como modulador da resistência bacteriana. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 33, n. 2, p. 687-696, abr. 2012.

GUIMARÃES, C.C. et al. Atividade antimicrobiana in vitro do extrato aquoso e do óleo essencial do alecrim (Rosmarinus officinalis L.) e do cravo-da-índia (Caryophyllus aromaticus L.) frente a cepas de Staphylococcus aureus e Escherichia coli. R. Bras. Bioci., Porto Alegre, v. 15, n.2, p. 83-89, abril./jun. 2017.

MURATA K et al.. Promotion of hair growth by Rosmarinus officinalis leaf extract. SKINmed Journal. Vol.27, n.2. 212-217, 2012.